Top Pop

Aqui você encontra as listas mais divertidas do mundo da moda e do universo pop

6 maneiras de ser solidário
Hoje é Dia Internacional da Solidariedade; para comemorar, mostramos aqui uma lista com seis maneiras de ser solidário – leia e comece a praticar!
Fonte: jimbozine.com.br
Autor: Mie Francine Chiba
Publicado em 31/08/2015

1 – Faça doações

Não é necessário fazer grandes doações para ser solidário. Pequenas quantias já são de grande ajuda, tendo em vista que várias pessoas estarão fazendo o mesmo. Com certeza em sua cidade há uma instituição precisando de ajuda: seja de pessoas com alguma doença, pessoas carentes, animais abandonados, entre outros. Algumas delas até mesmo oferecem maneiras de facilitar a doação: por telefone, conta de luz, carnê ou internet. Basta pesquisar.

2 – Doe sangue e seja doador de órgãos

Bancos de sangue vivem carentes de sangue de qualquer tipo, e sempre há muitas pessoas à espera de um órgão. Doe sangue e avise seus familiares que deseja ser doador de órgãos. Também é possível ser doador de medula fazendo o cadastro no banco de medula da sua cidade. Caso você seja um doador compatível, será chamado para doar.

3 – Doe objetos, roupas, alimentos

Sabe aquele monte de roupas que estão há anos no guarda-roupa, ou aquele objeto que está há tempos encostado sem uso nenhum? Pode ser que outras pessoas estejam precisando muito deles. Ao invés de acumular roupas e objetos em casa, doe para quem precisa. Procure instituições de caridade e informe-se desta possibilidade. Ao longo do ano, muitas delas também fazem campanhas de doação: programe-se e aproveite estas campanhas para doar.

Escolas, igrejas, hospitais também costumam encaminhar alimentos a famílias necessitadas e podem estar muito carentes de alimentos. Uma cesta básica pode fazer uma grande diferença na vida de uma família.  

4 – Seja voluntário

Ser voluntário não é difícil. Doe alguns minutos do seu tempo para ensinar a alguém algo que você sabe: ler, escrever, usar o computador, falar outra língua. Ou então, doe um pouco do seu tempo com coisas simples que vão fazer a diferença no dia a dia de muitas pessoas, como ajudar a preparar uma refeição, cuidar de pessoas doentes ou tirar um tempo para conversar com idosos em um asilo. Com certeza vai fazer bem à outra pessoa e a você mesmo.

5 – Seja solidário no dia a dia

Ser solidário não se resume apenas aos itens anteriores. Uma pessoa solidária também se expressa no dia a dia, ajudando uma pessoa idosa com uma sacola pesada, segurando a porta para mães com carrinhos de bebê, cedendo o lugar no ônibus ou metrô a idosos ou gestantes, oferecendo um copo de água bem gelado ou um cafezinho a um trabalhador de rua, mantendo a cozinha da empresa sempre em ordem. Estes pequenos gestos mostram quem somos de verdade.

6 – Ensine seus filhos a serem solidários

Os nossos pequenos são os representantes da sociedade de amanhã. Por isso, é importante ensiná-los desde cedo a serem solidários. Aqui vão algumas dicas:

- Dê o exemplo praticando as ações dos itens anteriores;

- Ensine seus filhos a compartilharem, seja um brinquedo ou um lanche com os amiguinhos;

- Estimule seu filho a participar de iniciativas solidárias, na escola, por exemplo, e participe para dar o exemplo. E evite fazer o pequeno contribuir apenas com dinheiro ou doação – incentive-o a ajudar na iniciativa, ensinando-o a “vestir a camisa” e a se engajar na causa.

- Ensine seu filho a ser cooperativo: peça para ele ajudar na organização da casa. Assim, ele saberá que cooperar com os pais ou com os professores é uma maneira de solidariedade. Explique que, se cada um der um pouco de si, todos saem ganhando.

Confira outras publicações da Italia Milano