Top Pop

Aqui você encontra as listas mais divertidas do mundo da moda e do universo pop

As 10 camisetas mais populares do mundo da música
Já parou para reparar como os músicos famosos se vestem? Excêntricos, largadões ou fanáticos por futebol, cada um tem seu estilo. Confira a nossa lista
Publicado em 15/12/2014

Caetano Veloso

Na época da Tropicália, um movimento cultural brasileiro que se destacou na música do final dos anos 60, o cantor e compositor baiano Caetano Veloso era adepto das camisetas coloridas, curtinhas e ajustadas ao corpo. Nesta época, o movimento hippie também influenciou toda aquela geração de jovens e músicos.

 

 

 

 

 

 

 

 

Pholhas

Quem vê a capa deste álbum do Pholhas nunca mais a esquece. Esta banda de São Paulo (SP) fez sucesso no Brasil no final dos anos 60 cantando músicas em inglês e, assim como Caetano Veloso, os integrantes se vestiam com camisetas extremamente curtas e ajustadas ao corpo. O visual da banda causa estranhamento, mas estava super na moda naquela época.

 

 

 

 

 

 

 

Roger Daltrey – The Who

Esta lendária camiseta do vocalista da banda The Who, Roger Daltrey, parece saída do guarda-roupa do irmão mais novo. Justa, curta e com listras, prova que a moda no final dos anos 60 era mesmo a “baby look”, também para homens.

 

 

 

 

 

 

 

 

John Lennon

A foto do beatle John Lennon com uma camiseta sem manga em que se lê “New York City” marca o lançameno de seu terceiro álbum em carreira solo, Some Time In New York City, composto com a esposa Yoko Ono. Também marca sua mudança para a cidade de Nova Iorque, em 1972.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Brian Johnson – AC/DC

No melhor estilo rude, Brian Johnson, vocalista da banda de hard rock AC/DC, sempre aparece em seus shows com uma boina e uma camisa regata ou uma camiseta preta. O carismático vocalista teve um grande trabalho pela frente quando entrou na banda, no começo dos anos 80 – substituir o vocalista anterior, Bon Scott, adorado pelos fãs e que faleceu em 1980. O primeiro álbum com a participação de Johnson, Back In Black, entretanto, de cara já se tornou um sucesso.

 

 

 

 

 

 

 

 

Freddie Mercury - Queen

O cantor Freddie Mercury, da banda Queen, era outro destes que subiam ao palco exibindo o tórax em uma camiseta regata justinha. Mas, diferentemente do vocalista do AC/DC, Mercury não fazia questão de parecer másculo. Pelo contrário, era doce e sorridente. O vocalista faleceu em 1991 vítima do vírus HIV.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Kurt Cobain – Nirvana

O vocalista da banda Nirvana sempre tinha uma camiseta com uma mensagem engraçadinha para usar. Em uma ocasião, em que segura a filha Frances Bean Cobain, lê-se a mensagem irônica “Grunge is dead”, já que a banda fazia parte do movimento grunge nascido nos anos 90 em Seattle (EUA). Em outra, ele usa uma camiseta com o desenho de um extraterrestre em que se lê “Hi, how are you”. Trata-se da capa de um álbum do músico Daniel Johnston.  

 

 

 

 

 

 

 

 

Chorão – Charlie Brown Jr.

A banda Charlie Brown Jr. Tinha relação direta com o skate, tanto que seus clipes de música sempre exibiam imagens do esporte. Com relação ao visual, não poderia ser diferente. O líder da banda, o Chorão, estava sempre de boné, tênis e uma camiseta bem larga, ao estilo dos skatistas. O falecimento recente do vocalista da banda deixou muitos fãs entristecidos.

 

 

 

 

 

Samuel Rosa – Skank

Vira e mexe e o cantor da banda brasileira Skank sempre sai de casa exibindo a camisa do seu time de coração, o Cruzeiro. É dele a canção que fez grande sucesso nos anos 90, “É uma partida de futebol”. Samuel Rosa é um grande fã do esporte.  

 

 

 

 

 

 

Liam Gallagher

Do outro lado do oceano, Liam Gallagher - um dos polêmicos irmãos Gallagher da banda Oasis -, também é fanático por futebol. Mas torce para outro time, o Manchster City. Na foto, ele exibe a camisa do time, na cor azul celeste. Vale lembrar que o Oasis, conhecido pelas canções “Wonderwall” e “Stand by me”, acabou em 2009. No mesmo ano, Liam formou outra banda com integrantes do Oasis, a Beady Eye, mas esta também terminou em outubro deste ano.

Confira outras publicações da Italia Milano