Blog

Aqui nós compartilhamos nossas ideias :)
04/03/2016

Executivos de sucesso preferem adotar “uniforme” para o trabalho

Mark Zuckerberg é um dos adeptos do uniforme - veste sempre camiseta e moletom cinzas; segundo ele, não ter que escolher o que vestir poupa energias para decisões mais importantes

Há quem não goste de ter de usar uniforme para ir à escola ou para trabalhar. Mas há quem, mesmo tendo a liberdade de escolher o que vestir para sair de casa, prefira adotar um uniforme próprio de trabalho. Esse é o caso de ninguém mais que Mark Zuckerberg, megaempresário do Facebook que, mesmo com bilhões de dólares na sua conta para gastar em roupas de grife, prefere limitar seu guarda roupa em camisetas e moletons em tons de cinza.

Ao voltar ao trabalho após sua licença paternidade, ele postou uma foto no seu perfil do Facebook fazendo piada consigo mesmo. "Primeiro dia de volta ao trabalho após a licença paternidade. O que devo vestir?", disse ele na legenda do post com uma foto do seu guarda-roupa (veja no final da matéria).

Em outra ocasião, de acordo com o UOL, ele havia declarado à imprensa que prefere “limpar sua vida” e direcionar o maior número de decisões que precisa tomar ao longo do dia a coisas mais relevantes, que ajudem a servir à comunidade.

"Existem estudos que sustentam que gastamos energia e nos cansamos até em pequenas decisões do dia a dia, como o que comer no café da manhã. Estou em uma posição de muita sorte, na qual acordo todos os dias pensando em atender a mais de um bilhão de pessoas. E eu sinto que não estarei fazendo o meu trabalho direito se gastar minha energia em bobagens", explicou.

Outro executivo “monotemático” em suas escolhas do vestuário era o CEO da Apple, Steve Jobs. Nas suas raras aparições, geralmente para anunciar um novo lançamento de sua empresa, Jobs se apresentava trajando sempre uma calça jeans e uma blusa preta de gola alta.

No ano passado, uma diretora de arte de Estocolmo (Suécia) também tomou a decisão de vestir sempre a mesma coisa todos os dias para ir ao trabalho. Segundo a Época Negócios, Matilda Kahl contou que todas as manhãs tinha dificuldades de escolher a roupa que usaria para o trabalho. Em uma segunda-feira, disse ter chegado ao seu limite: ao demorar para escolher o que vestiria, acabou se atrasando para uma reunião importante.

Diante dessa situação, ela resolveu adotar um uniforme próprio de trabalho composto por camisas brancas, calças pretas e uma fita usada como um laço no colarinho. "A escolha por um uniforme me economizou várias horas pensando 'o que vou usar hoje?' E, na verdade, essas calças pretas e blusas brancas se tornaram um lembrete diário de que eu estou no controle".

E você, usaria sempre a mesma roupa para o trabalho?

Guarda-roupa de Mark Zuckerberg, megaempresário do Facebook, só tem camisetas e moletons cinzas

Há 20 anos no mercado produzindo
produtos promocional, magazines,
Private Label e marcas próprias.

Contato

Av. Souza Naves, 193. Apucarana/PR 
CEP: 86800-570

  • 43 3420.1000

  • comercial@italiamilano.com.br