Blog

Aqui nós compartilhamos nossas ideias :)
09/03/2015

10 filmes com mulheres fortes

No mês da mulher, listamos dez filmes com mulheres fortes para você assistir e se inspirar

As mulheres servem de inspiração para todos os tipos de arte, e no cinema não poderia ser diferente. Principalmente se elas tiverem uma história cheia de enfrentamento e superação. Com a exceção de Jogos Vorazes e Orgulho e Preconceito, todas os filmes a seguir retratam histórias reais de mulheres fortes cujas personalidades são admiradas em todo o mundo. Confira:

Erin Brokovich (2000, Diretor: Steven Soderbergh, EUA)

Erin é uma advogada que trabalha em um pequeno escritório de advocacia. Após descobrir que a água de sua cidade está sendo contaminada, ela passa a investigar o caso e consegue convencer os cidadãos a cooperarem com ela, conquistando assim um caso de milhões de dólares.

Olga (2004, Diretor: Jayme Monjardin, Brasil)

Olga Benário (Camila Morgado) é uma jovem judia alemã e miliante comunista. Perseguida pela polícia, ela foge para Moscou, onde recebe treinamento militar e recebe a missão de acompanhar Luís Carlos Prestes (Caco Ciocler) de volta ao Brasil. No caminho, eles planejam a Intentona Comunista contra o presidente Getúlio Vargas e acabam se apaixonando.

Evita (1997 – Diretor: Alan Parker, EUA)

Interpretada por Madonna, Evita é um símbolo da história argentina. Filha bastarda de um agricultor e nascida em um pequeno povoado, ela supera todos os desafios, torna-se atriz e cantora e casa-se com o presidente da Argentina Juan Perón, tornando-se uma das mais populares primeiras-damas em seu País.

Menina de Ouro (Million Dollar Baby, 2005 – Diretor: Clint Eastwood, EUA)

Maggie Fitzgerald (Hillary Swank) é uma jovem determinada que pede para Frankie Dunn (Clint Eastwood), conhecido treinados de boxe, a treine. Para conquistar a confiança de Frankie, entretanto, Maggie precisa passar pelo preconceito do treinador, que acha que mulheres não foram feitas para o boxe e que a moça já estava muito velha para isso.

Frida (2002, Diretora: Julie Taymor, Eua, Canadá, México)

Neste filme, Salma Hayek interpreta a polêmica Frida Kahlo, um dos principais nomes da pintura da história do México. Com personalidade forte, Frida tinha um casamento aberto como Diego Rivera (Alfred Molina), seu companheiro também nas artes, e teve um conturbado caso com o político Leon Trotsky (Geoffrey Rush).

Jogos Vorazes (The Hunger Games, 2012 – Diretor: Gary Ross, EUA)

O filme se passa em um futuro distante em que a população é controlada por um regime totalitário. Todos os anos, o governo sorteia um jovem de cada distrito para um evento mortal em que os participantes precisa lutar contra os outros e pela vida. Em Jogos Vorazes, a personagem Katniss Everdeeon (Jennifer Lawrence) se voluntaria para participar do evento no lugar de sua irmã mais nova, que havia sido sorteada. Na disputa, Katniss desafia não só seus oponentes, mas também o sistema dominante.

Orgulho e preconceito (Pride and Prejudice, 2006– Diretor: Joe Wright, França, Reino Unido, EUA)

O filme retrata a Inglaterra do século XVIII, em que Elizabeth (Keira Nightley) desafia os costumes da época e o desejo de sua mãe, que acreditava que o futuro das mulheres tinham de ser garantidos pelos seus maridos.

Piaf (La Môme, 2007 – Diretor: Olivier Dahan, Reino Unido, República Tcheca, França)

Este longa conta a verdadeira e dura história de Edith Piaf (Marion Cotillard), uma cantora de sucesso que foi abandonada pela mãe, criada pela avó, dona de um bordel. Dos 3 aos 7 anos, fica cega e se recupera milagrosamente. Mais tarde, passa a viver com o pai alcoólatra. Aos 15 anos, sai de casa para cantar nas ruas de Paris.

A Rainha (The Queen, 2006 – Diretor: Stephen Frears, França, Reino Unido, Itália)

Helen Mirren interpreta, neste filme, a rainha Elizabeth II, que no momento retratado enfrenta a notícia da morte da princesa Diana. Diante da reação emocional do público, a rainha precisa encontrar uma forma de reaproximar o público dos líderes do País.

Joana D´Arc (The Messenger: The Story of Joan of Arc, 1999 – Diretor: Luc Besson, França)

Joana D´Arc (Milla Jovovich) é uma jovem com religiosidade intensa. Em meio à Guerra dos Cem Anos, Joana, que se intitula “Donzela de Lorraine”, acredita que tem uma missão divina de libertar a França dos Ingleses. Para isso, recebe um exército e conquista a cidade de Reims, onde o delfim da França Carlos (John Malkovich) é coroado rei.

*As sinopses dos filmes foram extraídas de adorocinema.com.

Há 20 anos no mercado produzindo
produtos promocional, magazines,
Private Label e marcas próprias.

Contato

Av. Souza Naves, 193. Apucarana/PR 
CEP: 86800-570

  • 43 3420.1000

  • comercial@italiamilano.com.br